Tecnologia & Segurança

Seis mitos sobre recapagem de pneus que você precisa saber

Oiê! Como vão as coisas por aí? Você sabe que os pneus são uma parcela muito grande dos custos do caminhão. Na estrada, saber lidar com os pneus e saber planejar as trocas, pesquisando preços e tendo cuidado com a qualidade é muito importante.

Mas, e a recapagem? É uma coisa boa? É fato que a recapagem dos pneus de um caminhão pode trazer uma economia grande para a caminhoneira. Em média, um pneu recapado pode custar de 40% a 60% do preço de um novo.

Diante disso, é muito importante que você, caminhoneira, saiba a verdade sobre alguns mitos sobre a recapagem dos pneus do seu caminhão:

1 - PNEU RECAPADO SUJA AS ESTRADAS COM DETRITOS

Mito! O que acontece, na verdade, é que pedaços de borracha encontrados nas estradas são, geralmente de pneus que sofreram alguma avaria.

Quando a recapagem é bem feita, pneus recapados se comportam igual aos novos. O que determina a soltura é a utilização. Um furo mal consertado, por exemplo, pode provocar infiltração de ar ou água na carcaça, oxidando a estrutura e dando início a uma desagregação ou descolamento entre borracha e lonas.

Um impacto sofrido pelo pneu a baixa velocidade, dificilmente resulta em soltura. É o que ocorre em pneus de veículos de uso urbano. Mas passar por um buraco ou bater num degrau de cabeceira de ponte a 80 ou 100 km/h, carregado e com pressão incorreta, fatalmente causará um dano ao pneu que pode terminar em soltura. E nem sempre a banda se solta nesse momento, podendo acontecer tempos depois, quando já nos esquecemos do impacto sofrido. O impacto foi apenas o começo.

Se houver pedaços ou partes de lona ou arames que desprendeu é porque a carcaça estourou e provocou a soltura das camadas, jogando longe pedaços de banda e lonas.

Caso o pedaço que desprendeu apresentar somente borracha sem partes de lona ou arames é porque a banda de rodagem se soltou.

2 - RECAPAR PNEU NÃO É UM PROCEDIMENTO SEGURO

Outro mito! Até mesmo aviões militares de combate ultramodernos têm seus pneus recapados. Hoje em dia, o processo de recapagem dos pneus é totalmente seguro e realizado até mesmo para veículos que transportam produtos perigosos ou ônibus escolares. Isso demonstra a confiança dos operadores na recapagem dos pneus. É importante destacar que isso ocorre apenas quando a recapagem é feita com qualidade e dentro das normas e padrões assegurados pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia).

3 - PNEU RECAPADO TEM APARÊNCIA ESTRANHA OU RUIM

Mito! A informação correta é de que, visualmente, não existe praticamente diferença alguma entre um pneu recapado e um novo. A aparência do pneu recapado depende do acabamento e do cuidado com que o recapador fez o processo.

4 - PNEU RECAPADO RODA MENOS

Mito! A informação correta é de que uma recapagem feita por empresa de qualidade e procedência gera um produto que tem uma quilometragem equivalente à de muitos pneus novos. Da mesma forma que nos novos, os pneus recapados dependem de vários fatores, como o composto da borracha da banda de rodagem, o peso, o desenho e a estrutura da carcaça.

A verdade é que não há como prever exatamente o que vale mais a pena sem realizar um acompanhamento adequado.

O ideal é utilizar um sistema de controle de pneus para comparar a durabilidade dos novos com os pneus recapados.

5 - PNEU RECAPADO TEM CARCAÇA RUIM

Mito. Na realidade, os sistemas de recapagem sérios utilizam somente carcaças que ainda estejam boas e adequadas para uma nova vida do pneu. Só porque a banda de rolagem está desgastada não significa que a carcaça do pneu esteja comprometida. Além disso, uma carcaça de pneu de qualidade tem vida útil que em muito supera a vida da banda de rodagem original. Cuide sempre da carcaça dos seus pneus para não se arriscar com outras por aí. É importante cuidar do ciclo de vida total do pneu.

6 - PNEU RECAPADO NÃO SUPORTA O CALOR

Mito! A ideia de que a recapagem falha em rodovias quentes é somente uma história que se conta por aí. Na realidade, é muito difícil o calor danificar um pneu, seja ele novo ou recapado. Em geral, as falhas que acontecem são causadas pela falta de calibragem dos pneus. O segredo é ter uma boa calibragem, independentemente se seu pneu é novo ou recapado. Assim, ele vai rodar muito e suportar o calor das nossas estradas.

Bom, você já sabe a verdade sobre seis mitos que falam por aí a respeito dos pneus recapados. Agora é hora de verificar a pressão dos pneus, fazer uma checagem geral no caminhão e seguir em frente. Boa viagem e um abraço!

Nós utilizamos cookies

Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

OK