Vida na Estrada

Como descer a serra de caminhão em segurança

Caminhão engrenado

As caminhoneiras mais experientes sabem que ao acionar o freio do caminhão com a marcha engatada, o veículo freia mais rápido e é possível ter mais controle do caminhão. Especialmente para os modelos mais velhos, essa é uma atitude segura. Mas lembre-se que o ideal é que seja uma marcha de força, ou pesada como se chama.

A famosa “banguela” além de ser perigosa é uma infração. Esta é uma expressão muito famosa no universo das estradas e ela quer dizer que o caminhão estará em movimento com o câmbio em ponto morto. De acordo como o Artigo 231, Inciso IX, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), andar com o caminhão desligado ou desengrenado em uma descida é uma infração média, que soma quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e gera multa de R$ 130,16.

Distância segura

Trata-se de uma atitude recomendada, seja nas serras ou estradas, pois oferece tempo suficiente para a motorista reagir, caso seja preciso desviar de algum obstáculo ou ainda, fazer uma manobra rápida para evitar um acidente. Os caminhões são veículos pesados que exigem maior tempo e habilidade para reações bruscas. 

Velocidade reduzida

Quando se trafega com uma velocidade reduzida, além de respeitar a regulamentação de trânsito, mantêm-se uma conduta prudente pelos mesmos motivos de garantir a distância segura (item acima). Assim que a serra iniciar, desacelere o motor e com isso tenha um trajeto tranquilo do começo ao fim. Como a descida favorece a aceleração espontânea do caminhão, caso note que a velocidade esteja excessiva, reduza novamente a velocidade. Atenção máxima!

Condições adversas de tempo

Neblina, cerração, garoa, chuva, todos são inimigos da segurança no trânsito e, por isso, em condições de tempo que dificultam tanto a visibilidade como a frenagem, reduza ainda mais a velocidade e a distâncias do veículo à frente, redobre a atenção e acione os faróis para aumentar a visibilidade da pista. 

Caminhão em dia

Um check-up antes de descer a serra vai bem! Por ser uma via com condições críticas de tráfego, costuma exigir mais dos veículos e com isso, caso um componente esteja desgastado é nesse momento que pode dar problema, aumentando as chances de acidentes, atraso de entrega da carga e prejuízo. Manter a manutenção em dia é sempre o melhor!

Freio motor

Acione o freio motor antes de iniciar a descida da serra! Este é um sistema dos caminhões indicados para longos períodos de frenagens na descida para auxiliar a desacelerar o veículo. Seu uso é muito importante para preservar os freios de serviço, ou o famoso freio do pé como também é conhecido. 

Freio retarder

Normalmente encontrado em caminhões que trafegam com bastante peso, o freio retarder é um freio hidráulico auxiliar que é acoplado à saída da caixa de câmbio e tem grande poder de frenagem. Quando o motorista aciona esse freio no painel, o sistema hidráulico começa a controlar o fluxo de óleo entre os rotores e estatores, gerando mais um freio conectado no cardan do caminhão. O uso do retarder é mais do que recomendado em descidas pois poupa os freios de serviço para eventuais emergências, deixando-os sempre frios e disponíveis.

Confira o vídeo com mais dicas de como descer a serra.

Tem algum ponto que não falamos? Conta para a gente na área de comentários abaixo.

Até a próxima!

Nós utilizamos cookies

Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

OK