Saúde & Bem-Estar

Entenda por que se vacinar é muito importante para quem vive nas estradas

A vacinação é uma proteção necessária para viajantes

Você sabe muito bem que ser estradeira é viver viajando pelo país, passando por várias cidades, estados e culturas diferentes.

Mas além de estar em contato com tantas coisas diferentes pelo caminho, você, infelizmente, também corre o risco de entrar em contato com doenças comuns de cada região.

Por isso é tão importante estar com a vacinação em dia, já que ela é o seu escudo contra todo tipo de doença que possa aparecer no caminho.

Quando pensamos em vacinas, lembramos automaticamente de algum tipo de medo de agulha ou dos efeitos colaterais que elas podem trazer, como uma febre leve.
 
Por conta disso, muitas doenças voltaram a gerar problemas. Um exemplo claro foi o grande surto de sarampo em 2019, causado pela falta de vacinação nas crianças, adolescentes e adultos.

Você, que vive na estrada, tem um problema a mais, já que nem sempre dá para parar e tomar a vacina durante as campanhas. 

Mas é justamente por viajar tanto e estar em contato com tanta gente diferente que precisamos nos cuidar. 

Hoje em dia, em campanhas nacionais é possível parar em qualquer posto de saúde para receber a vacina ou até mesmo acompanhar o site da Secretaria de Saúde do seu estado, que vira e mexe faz campanhas para caminhoneiros nas rodovias do país. 

Vamos esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto e explicar quais são as vacinas mais importantes para os adultos. 

A vacina ajuda nosso sistema imunológico!

Segundo o Ministério da Saúde, quando uma pessoa entra em contato com um vírus pela primeira vez, o sistema imunológico produz anticorpos para combatê-lo. 

O que a vacina faz é gerar imunidade sem que a pessoa precise passar pelos riscos da doença, já que ela contém esses vírus muito enfraquecidos ou até mesmo mortos.

Na prática, a vacina é o vírus enfraquecido colocado no seu organismo de forma que ele, sozinho, crie a defesa necessária para que a doença não se instale no seu corpo.

Tomar vacina custa caro?

A grande maioria das vacinas podem ser encontradas em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de graça, basta acompanhar o calendário de vacinação pelo site do Ministério da Saúde

Vacinas mais importantes para os adultos:

Hepatite B: É uma doença causada por um vírus que gera inflamação no fígado. A vacinação é feita em três doses, para pessoas que não tomaram na infância ou nunca tiveram a doença. 

A segunda dose deve ser aplicada um mês depois da primeira, e a terceira, seis meses depois da segunda.  

Tríplice Viral (SRC): Evita o sarampo, a caxumba e a rubéola e é aplicada em uma dose.

Sarampo: É um vírus que causa tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas, e em casos extremos pode levar à morte.

Caxumba: É uma doença que causa inflamação nas glândulas salivares (região do pescoço), deixando-as inchadas e doloridas, além de febre, dor de cabeça, fadiga e perda de apetite.

Rubéola: Causa febre e muita dor de cabeça e precisa ser tratada rapidamente para que o quadro não fique muito grave.

É importante ficar atenta porque essa vacina não pode ser tomada por grávidas e pessoas com algum tipo de problema de saúde. 

Dupla Adulto (DT): Previne contra a difteria e o tétano e deve ser tomada a cada dez anos, para o resto da vida. 

Difteria: É uma doença que dificulta a respiração porque se instala na garganta, nas amígdalas e, em alguns casos, até na mucosa do nariz e na pele, pode causar febre, inchaços e fraqueza. 

Tétano: É uma doença muito perigosa, já que afeta nosso sistema nervoso, gerando dificuldade para respirar, e pode levar à morte.

Febre Amarela: Existem dois tipos de aplicação: a dose completa, que dura por toda a vida, e a fracionada, que dura de 8 a 10 anos. Só é necessária caso você more ou /vá viajar para uma área de risco. 

Por conta do surto em 2019, aconteceram fortes campanhas para que pessoas se protegessem, já que é uma doença muito perigosa. 

Não indicada para grávidas ou mulheres que estão amamentando. 

Não se esqueça!
A vacina é sua grande amiga nas estradas, porque garante que você estará protegida mesmo se entrar em contato diretamente com os vírus ou pessoas infectadas.

Se precisar esclarecer alguma dúvida, consulte um médico. Vacinação é assunto sério, mas não é nada complicado.
 

Nós utilizamos cookies

Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

OK